Quando se aprofunda os temas da felicidade, do bem-estar e do que há de melhor nas pessoas e nos grupos, até a investigação científica é inspiradora. Além da base científica e empírica das teorias e práticas que utilizamos, os caminhos que construímos com cada pessoa passam, também, por outra fonte de inspiração: a da vida. A vida descrita pelos outros, em livros, filmes, artigos da comunicação social e as próprias histórias, vividas ou elaboradas ao longo da vida. A ciência ao serviço da felicidade passa muito pelas palavras que utilizamos.

 

 

PSICOLOGIA POSITIVA

SAVOURING

"Devo às paisagens as poucas alegrias que tive no mundo". Miguel Torga

 

MUDANÇA

"Uma da maiores contradições do ser humano é querer resultados diferentes, continuando a fazer o que sempre fez". Albert Einstein

 

MINDFULNESS

“The best way to capture moments is to pay attention. This is how we cultivate mindfulness. Mindfulness means being awake. It means knowing what you are doing.” Jon Kabat-Zinn

 

FORÇAS DE CARÁCTER

"Being extraordinary. All of us can recall our own extraordinary moments, those moments when we felt that our best-self was brought to light, affirmed by others and put into practice in the world." Jane Dutton e colegas

 

FOCO

"Scheduling down time as part of your routine is hard but worth it, personally, even professionally."  Daniel Goleman

 

RESILIÊNCIA

“Of all the virtues we can learn no trait is more useful, more essential for survival, and more likely to improve the quality of life than the ability to transform adversity into an enjoyable challenge.” Mihaly Csikszentmihalyi

 

OPTIMISMO

"There is abundant reason to believe that optimism – big, little, and in between – is useful to a person because positive expectations can be self-fulfilling." Christopher Peterson

 

CRESCIMENTO PESSOAL

“Between stimulus and response there is a space. In that space is our power to choose our response. In our response lies our growth and our freedom.” Victor Frankl

 

IDEIAS SOBRE A PP

 

A Psicologia Positiva (PP) é o estudo das condições e processos que contribuem para o florescimento e funcionamento óptimo das pessoas, grupos e instituições. É a investigação científica acerca do que faz a vida valer a pena e do que corre bem na vida. É o compromisso da ciência psicológica em investigar e intervir nas forças humanas, como nas suas vulnerabilidades; no melhor da vida, como no mais difícil; no que entusiasma como no que dói. Posto de uma forma simples, o objectivo da PP é o bem-estar e a felicidade humanos.

 A Psicologia Positiva não deve ser confundida com pensamento positivo ou auto-ajuda. A PP é uma área científica, com sustentação empírica, submetida ao carácter revisível da ciência, em constante progresso. Os outros não.

Alguns dados da ciência da PP, de acordo com Chris Peterson, um dos maiores investigadores  da PP:

- maior parte das pessoas é feliz;

- a felicidade é causa de coisas boas da vida e está associada com melhores desempenhos na escola, no trabalho, relações sociais mais satisfatórias, melhor saúde e vida mais longa. Não é um “engano ledo e cego” camoniano;

- maior parte das pessoas é resiliente;

- felicidade, forças de carácter e boas relações sociais são amortecedores contra os efeitos das adversidades;

- se queremos compreender o que faz a vida valer a pena, as outras pessoas são mesmo importantes;

- a religião é importante;

- o trabalho é importante na medida em que envolve o trabalhador e se reveste de propósito e significado;

- o dinheiro tão mais importante quando é utilizado em prol dos outros.

- os dias bons têm em comum aspectos como: autonomia, competência e relações com os outros;

Nos processos de colaboração que se propõe realizar no sentido da construção da Felicidade Autêntica, a Psicologia Positiva assume-se, também, como conjunto de estratégias que visem organizar os dias em torno de emoções positivas, realização e significado e estimular as cinco coisas que as pessoas livres tendem a procurar na vida: emoções positivas, envolvimento, realização, relações com os outros e significado.