a vida não é uma folha em branco.

A vida não é uma folha em branco: ela aparece-nos preenchida com as histórias que desde sempre contamos sobre nós, frases soltas e outras feitas, rabiscos que nem sempre compreendemos, palavras que nos dizem alguma coisa e imagens de quem nos tem rodeado. Pelo meio, sinais de pontuação a sugerir emoções, pontas às quais falta papel como sinónimo das nossas perdas e novos pedaços colados, como quem... chegou entretanto. Mas há sempre, nessa folha, um espaço em branco. Para o que quisermos contar. Da forma que o quisermos dizer. Porque a liberdade de narrar a nossa história (de uma forma mais compreensível, mais aceitante e mais positiva) é-nos irredutível. Este é o espaço da Psicologia Positiva.


últimos posts

Arquivo